Dicas para a vida

Praia consciente e sustentável

Já tem um tempo, pouco mais de 1 ano, que eu e o Erick nos bares pedimos os drinks e pedimos que eles venham sem canudo ou rejeitamos quando o garçom nos oferece. Isso sem contar que a gente já há muito mais tempo não consome açúcar nas bebidas e não adiciona sal na comida (ele ainda adiciona na salada, eu nem isso)!

Nossa viagem para a praia de Pipa foi uma das mudanças mais impactantes que tivemos. Poucos dias antes estava organizando nosso armário e vi diversos copos de acrílico que guardo de alguns eventos que vamos. E eu lembrei da quantidade de copos e canudos de plástico que a gente utiliza quando vamos à praia.

Dica da Life is About: alguns eventos oferecem drinks em copos de acrílico de boa qualidade e até mesmo no formato adequado àquela bebida. Guarde-os e utilize-os, por exemplo, em churrascos. São ótimos para servir caipirinhas, evita possíveis quebras quando a galera se empolga e facilita até na hora de limpar.

Eu ainda não tinha conseguido comprar canudos de inox a um preço bacana, pois com esse aumento de conscientização, as marcas estão cobrando preços absurdos e nas lojas com preços razoáveis eles acabavam com rapidez. Eis que fui procurar, e com o poder de automatização da internet, ao abrir o Instagram, apareceu um anúncio do Utifácil com adivinha? Canudos de inox! 1 unidade do canudo reto e uma do curvado, mais uma escovinha, custou R$9,90. Já tratei de comprar 4 kits!

Canudos de inox Utifácil Strawnomore
Canudos de inox da Utifácil

Bolsa pronta com meus copos e canudos, fomos para a praia. Durante os 3 dias que ficamos lá em Pipa, vimos que ninguém está preparado (para não dizer, preocupado) com essa conscientização. Toda vez que pedíamos o côco, avisávamos para vir sem canudo. E acho que em 90% das vezes, vieram com canudo, ou seja, ou o garçom esquecia — portanto, não se importava — ou o barman no automático colocava o canudo. Sempre reforçávamos que era para vir sem.

Conscientização Canudo de inox Strawnomore Pipa
Copo de acrílico e canudo de inox que trouxe na mala

Também não se via nenhum lixeira para recicláveis. Côcos, guardanapos, garrafas de água, latas de cerveja e long necks de vidro se misturavam num único lixo. Isso quando estavam dentro da lixeira. Por duas vezes pedi ao Erick que recolhesse um côco ou um copo alheio que estava na areia e jogasse no lixo. Pessoas em volta olhavam com dúvida.

Não cheguei a ver ninguém observando nosso copo ou canudo, mas eu não vi sequer uma pessoa preocupada em utilizar menos utensílios descartáveis. Talvez fôssemos os únicos que fizeram isso. Confesso que ainda tem algumas coisas que são difíceis, mas evitamos ao máximo o consumo excessivo. Voltei com muito orgulho da nossa postura durante esses 3 dias e, principalmente, com o Erick que embarcou comigo sem eu ter ao menos argumentado com ele! S2

– – –

TEDx Molly Steer | Straw no More: https://youtu.be/Rr5Py1r9xjw

“Straw really do suck!” — Molly Steer, estudando de 5 anos que iniciou a campanha Straw no More

LEI Nº 12.514, DE 31 DE JANEIRO DE 2019. bit.ly/chega-de-canudos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s